Ir para o conteúdo

Prefeitura de Crucilândia
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
18
18 FEV 2022
Prefeitura e Copasa juntas no projeto Pró-Mananciais e no combate da infestação da Lagarta Mocis em canaviais da região
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura de Crucilândia recebeu na última quinta-feira, 17 de fevereiro, o Analista Ambiental da Copasa, Marcos Vartan, e Adenício da Silva, responsável pela Copasa em Crucilândia, juntamente com o Diretor Executivo, Jairo Nunes, e Elizangela Diniz, Secretária de Governo.
Na ocasião, foi discutido o projeto Pró-Mananciais (Programa da Copasa) que tem o objetivo de estimular a proatividade e a responsabilidade social a partir da formação de agentes locais transformadores. Atualmente, já estão sendo plantadas 15 mil mudas nativas. Nos próximas dias, o objetivo é criar 130 barraginhas e mais 48 mil metros de cercamento de nascentes em áreas de proteção.  

Infestação da Lagarta dos Capinzais 

Em nossa região, atualmente, estamos tendo um surto da Lagarta Mocis (também conhecida como curuquerê dos capinzais). A praga pode danificar toda uma lavoura.  

Culturas Afetadas: Alfafa, Algodão, Amendoim, Arroz, Arroz irrigado, Arroz sequeiro, Batata, Brócolis, Cana-de-açúcar, Coco, Couve, Couve-flor, Fumo, Gengibre, Mandioca, Maracujá, Milho, Pastagens, Repolho, Seringueira (Floresta implantada), Soja, Trigo.

Em determinados locais pode ocorrer alta infestação da praga, demandando controle imediato para evitar elevada perda no rendimento de grãos.

Esta praga atua em diversas culturas de importância econômica, como alfafa, amendoim, arroz, aveia, cevada, milho, soja, sorgo, entre outras.

Danos: A infestação inicia em capinzais localizados no entorno das lavouras, passando a migração das lagartas para o milharal no momento em que ocorre intensificação da competição por alimentos. A lagarta ataca as folhas, deixando somente a nervura central. Vistorias freqüentes em áreas vizinhas de pastagens são necessárias na fase de desenvolvimento vegetativo para evitar infestações.

Controle: Normalmente a infestação inicia pelas bordas da lavoura, sendo bastante eficiente o controle químico localizado sobre a área infestada. A lagarta é bastante sensível a maioria dos inseticidas recomendados para a lagarta-do-cartucho, podendo-se aplicar o inseticida tanto por pulverização convencional como via água de irrigação por aspersão. Usar produtos registrados para as culturas. 

Se você, produtor Rural, identificar em sua lavoura esse surto, favor entrar em contato com a Emater e com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente pelo telefone: 31 – 3574-1320.  

Prefeitura de Crucilândia,  

Fé, Esperança e Trabalho.
Fonte: Prefeitura de Crucilândia
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia